quarta-feira, 30 de abril de 2008

Vida Sonhada

Toda vida numa palavra
numa certeza incerta...
Todo sentimento naufragado
em promessas desfeitas...
Coração seguindo desorientado
obrigado, cansado...
Acabei de gritar
Meu espanto confuso
calado...
Nao farei poesias esta noite...
Toda vida se escorreu
entre dedos a mais...
Toda vida prometida
Comparações
ilusões
Emoções...
Simplesmente....
Sonhei...

Alma Bela

Dúvida

Isto é perder...
Isto é perder...
Me garanta seu coraçao
Por favor
Me escute...
Ou nao me prometa
Nada mais...
Mentiras deste porte
me fazem mal...
Entre fotos ,te amei
Isto é perder
isto é perder...

Alma Bela

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Aceitaçao

Tentei dizer aquela noite
coisas que poderiam mudar
mudar tudo...
talvez voce nao acredite
mas poderiam acontecer...
obrigada por olhar
e mesmo que nao sinta
percebi o sorriso...
então, nao precisa voltar...
aprendi a viver assim
com poesias
e canções deixadas
amassadas em papel
branco
cor de cinza...
Ontem mudei...
É que olhei de novo
pra mim...

Alma Bela

Outonos Felizes

Esconderijos inconseqüentes
Vozes por toda parte...
A verdade descalça, devagar
abraçando o coraçao...
Sons de gemidos solitários
Maos vazias
peito cheio...
Olhos atentos
garganta seca...
Nuvens desenhando o nada,
vento trazendo chuva...
Cada canto da casa
cada parte de tudo...
Pedaços de outonos felizes
E dentro de mim, qualquer coisa
chamada Nao sei...
Respiração ofegante
passos indecisos...
O ar faltando
Numa falta de ar...

Alma Bela

sábado, 26 de abril de 2008

jardim Solitario

Fotografias jogadas
restos de papel picados
vento soprando a dor...
passos fora da casa
grama molhada de chuva
quadros tortos na parede.
Sinais
Teatro nos olhos
Jogos mortais
mortificando sensações...
Chuva lavando a alma
folhas secas
vento forte
multidão na solidão...
dentro do meu amor
flores cobertas de medo
em jardim de incerteza.
Tudo no contexto
contestando emoções.
Loucuras de ser quem sou
Sendo voce
num gesto de adeus.

Alma Bela*

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Brincando

Roda viva viva roda
numa virada do tempo
cirandinha corda bamba
girassol da cor de sol
Gente viva viva gente
pula pula sem querer
passo a passo caminhar
doces vales e jardins.
brava gente gente brava
justiceiros de plantao
sem saber
tentar
vencer
violência e solidão.
roda viva viva roda
de maos dadas pra chegar...
Olhos vivos vivos olhos
paz na terra
terra santa...

Alma Bela

quinta-feira, 24 de abril de 2008

quarta-feira, 23 de abril de 2008

O Fotógrafo




















C
aptei
sua imagem.
Meus olhos
contemplam
entre tantas
fotografias
sua figura
única...
Desenho feito
por pincel
Em cor
de sonho
pedaços
de um céu.
Ali
parada
te vi assim...
Nem triste
nem alegre
Apenas
Incrivelmente
bela
Doce
Perfumando
em delicadeza
E eternizada
em
Meu flash

Alma Bela

A Modelo


















Insisto neste pranto
ao ser
fotografada...
assim parada
estranha...
Ser
armazenada
petrificada...
triste por entender
a fraqueza
E força
tao fragil...
Aqui
numa fotografia...
debaixo de olhos
curiosos
ansiosos...
Intensifico
meu pranto
que num
flash
roubaram...

Alma Bela

Aprendendo a Ser Forte

Estou aprendendo a ser forte
Querendo nao sentir falta
nao sentir voce
Entre meus versos
entre os lençóis
entre beijos roubados.
Querendo ser mais eu
mesmo quando tiver medo
e tudo for como breu...
Entre pedaços de sonhos
espalhados, entre palavras
insanas, insultos..
por tudo e por tanto
estou aprendendo a ser forte...
Querendo viver sem...
Sentindo que posso ser!

Alma Bela

segunda-feira, 21 de abril de 2008

"Quero querer
voce...
adormecer segurando
nossos sonhos
acordar beijando
nosso amor"

Alma Bela

Respiraçao

Enquanto
tiver voce...
nao deixarei
de acreditar
Enquanto voce
estiver assim
me orientando
eu respirarei
voce...
por voce
e por nós
So enquanto eu
respirar
irei amar voce...
E o final?
Será belo
e mesmo no inverno
Lembrarei
de voce...
em cada
gota de orvalho...
em cada toque
em cada olhar...
A cena repete...
e se inverte...
nossa verdade...
numa respiração
de amor*

Alma Bela*



Vem


Vem comigo...
Quero prometer
dias brancos
voce e eu
pedaços de
qualquer lugar
Quero ver
o sol
e sentir a chuva
cair...
vem comigo
dançaremos
brindaremos
e faremos de tudo
nosso mundo.
vem comigo
E ate onde
voce quiser
Irei...
Pra sempre
neste tanto amor...
que cabe em mim...
por voce...


Alma Bela
"Bem maior é a força
que estremesse meu corpo
diante da leveza
do seu toque*"

Alma Bela

sábado, 19 de abril de 2008

Sumir

Vontade de sumir...
Correr de tudo !
Vontade de chorar
desabafar
Vontade de me entregar...
Todas as pedras no caminho
mostram no corpo
cicatrizes...
E aquele vento
enxuga por segundos
lágrimas de uma vida inteira...
Vontade de sumir
virar poeira...
Vontade de voar...

Alma Bela

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Amanha



Amanha
nao lembrarei de voce
mas hoje, por favor
quero pensar...
Amanha
farei voce sofrer
mas hoje, por favor
abraça-me
e me cubra
de todo carinho
que nao serei capaz
de te dar...
Amanha
estarei longe
mas hoje, por favor
encaixe em mim ...
Amanha
serás mais uma...
mas hoje, por favor
seja meu único amor...
Amanha
ficarei sozinho
mas hoje, por favor
seja minha cura...
Amanha...
Eu nao quero
nem pensar...

Alma bela*

Agonia

Esqueça
minha agonia
esqueça
Existe muito mais
que você
possa imaginar
Existe tudo
e de toda forma
entre vasos de flores
deixados de lado
Não diga
que estou errada
Vá embora
Tranque a porta
e
escandalosamente
grite
mas me deixa aqui
nesta dor
que você
não soube curar

Alma Bela

Trato

Fiz um trato de esquecer...
Tentar emudecer as palavras
Buscar o frio e congelar o tempo...
Qualquer sentimento, qualquer sinal....
nao ficará aqui por perto.
Naufragarei sozinha e por querer,
nesta decisão só minha...
As palavras nao podem falar nada
porque elas tem seus limites,
quando o assunto se chama "amor".
fiz um trato de querer
E nao buscar entender...
Arranhada entre o certo e o incerto
Vontade de nao ter vontade.
Este é meu trato...
com papel passado e guardado...
Na linha do tempo
atropelando as vírgulas
Eu sigo no vagão da esperança...

Alma Bela*

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Esperança

Quero acordar e sorrir
Esquecer daquele tempo
de juras feitas em vão...
Quero adormecer nos braços da verdade
Alcançar aquela paz extrema
Cantar uma nova melodia
dedicar a mim meus versos
Saber entender a despedida
E nao sofrer com amores de esquina
Quero abrir a janela
esperar o vento falar doce
que hoje posso ser feliz!
Quero dar valor as cartas
e ligaçoes inesperadas
Saber se é a hora
ou se meu tempo expirou...
Quero vencer o medo
e no escuro me acalmar...
Pular do alto da ignorancia
e buscar o equilíbrio...
Quero conseguir um cantinho so meu
Num coraçao que espera...
E por fim, quero morrer de amor
amando quem me ama...

Alma Bela

Final Mente

Absurdamente entre pesadelos
Momento de fúria e cansaço
Dor e certezas ditas em silencio...
Fogo queimando
Maos abandonando...
Tristemente diante do fim
Quase sem força, saltando entre soluços...
Núvens dispersas nada desenham .
Um suspiro tímido
Voz estremecida, gemidos confusos
Respiraçao sem ar...
Amostras de veneno
em capsulas de palvras
O céu trouxe a chuva
A chuva trouxe o frio
o frio fez secar os sonhos...
Nada aconteceu...
Simplesmente terminou.

Alma Bela

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Amor Em Pétala

O seu amor reluz
Conduz
como pétala solta
num jardim de sonhos...
oh meu amor
Vivo na certeza que estaremos
de maos dadas
sendo dois em um...
O amor nao cabendo em si
Nos revelará...
E sendo assim
Nada terá fim...
Somos seres
encatados
exatos
feitos pra encaixar!
Oh meu amor
cada sacrifício
clareando certezas...
Devagar surgindo
invadindo
quando mais desejo...
sinto que mais tenho
vontade de ser e viver!
O amor é dono de mim
ele move minha alma
ele revela voce na total existência
sendo minha mais pura
busca
espera
conquista!

Alma Bela

Sozinha





















No silencio da noite
eu imagino...
Nós dois...
fico sonhando
e acordada junto cada pedaço
do que fomos
Tantos planos desfeitos
voce me deixou...
e me sinto
Sozinha...
Quisera voltar e te contar
aquela história ou aquele segredo
que voce esperava...
quisera abrir meus olhos e te tocar!
Quando a gente gosta...
A gente espera
cuida...
Voce nao esteve assim
e neste silencio da noite
continuo a imaginar
nós dois...
o amanha que nao chega...
estou solta
mas me sinto prisioneira...
Nao existirá outro alguém
Se foi da boca pra fora
me diga
se voce me ama...
nao me deixe só...
Onde voce está agora?

Alma Bela

Voce é Lindo



















Fonte de mel...
voce é um sol
tao forte e protetor
voce sabe me fazer feliz
insiste em negar
me faz até chorar
mas, voce é simplesmente Lindo
uma onda que bateu
e balançou minhas estruturas...
Voce é letra, musica, melodia
nada é igual a ti
voce é simplesmente
uma poesia perfeita
uma obra de arte...
Voce ...
mais que demais!

Alma Bela

Desenvolvimento





















Tudo era uma brincadeira
E foi crescendo...
crescendo....
Agora nao sei dizer
a imensidão de voce
em meu peito
em minha alma...
Foi crescendo
e nao encontro resposta
voce foi feito aposta
Uma sorte
que nunca mais
terei outra
igual...

Alma Bela

Flor de Primavera
























Nao vejo nada
mas, como mágica
voce apareceu diante de mim
Olhar doce, maos suaves
tocando meu rosto...
O som da música,
A brisa leve e fresca
a verde paisagem
decorando nossos olhos...
Trazendo um sentimento precioso ...
Chorei, nao sei o motivo
uma sensação inexplicável
forte, intensa, maravilhosamente "maior"
Ainda de olhos "fechados",nao me assustava
Voce estava ali, diante de mim
Segurando minhas incertezas
preocupações e confusões...
Era como se, nada
pudesse impedir nosso amor
nosso sonho...
E feito canção, eu toquei no íntimo...
no mais profundo sentimento!
nada era tao intenso quanto sentir
e mesmo de olhos "fechados"
eu via voce com toda verdade!
Sentia seu perfume, seu toque
seu sorriso pra mim...
Este amor esteve diante de nós
feito cura...
feito milagre...
por que mesmo sem "ver"
decorei voce com meu olhar...
no amor nao há explicações
Descobri minha visão
através dos seus olhos ...
E aos nossos olhos...
o Amor desabrochou
feito flor
de primavera...

Alma Bela

Sem Limites
























Há uma chance pra gente viver
Existe uma chance,
Nosso amor está bem aqui...
Aquela ponte nao está impedindo
Tras a certeza do encontro
A força do nosso abraço...
A melodia de um beijo...
o silencio do nosso coraçao
gritando de amor!
Há um chance
vamos caminhar em direção
percorrer incertezas e deixar mágoas
Olha aquele arco íris!
façamos nosso trato
façamos nossa história...juntos
Sem limites
sem amarras
sem invenções
somente sensações
Recheadas de poesias!
Nao vamos molhar nossa certeza
Nao vamos deixar rasgar este coraçao...
Existe uma estação onde
pode acontecer nosso doce desejo
E neste momento
nao há ninguém que possa impedir
Trilharemos em direção ao sol
E se temos amor...
Nao precisamos entender
os "limites"...

Amar (e) linha

domingo, 6 de abril de 2008

Amor E Gratidão






















Deus,
como é bom amar
Ter um anjo...
Alguém em quem se apoiar
Um alguém pra abraçar...
E proteger!
Deus,
as horas sao belas...
eternas
Elas passam desapercebidas...
e as vezes,
O vento parece brincar...
Com núvens feitas de sonhos...
e cores saltando emoções...
Deus,
Como é bom amar
meu anjo, minha luz de vida!
Há ela, meu sonhar
minha esperança
minha absurda confiança...
Há ela minha força
minha certeza
minha mais pura chegada!
Deus,
Me deste um amor...
tao maravilhosamente
e perfeitamente
Inabalável...
Incondicional...
Eterno...
Deu,
Olha meu sorriso...
parece nao conhecer dor
nem tristezas....
Deus,
foi exatamente o que desejei
Obrigada...
Meu amor é simplesmente
Leve...
calmo...
meu amor tem nome de filha...
E de esperança...
Meu amor tem aroma de canela...
e formato de flores...
Deus,
nao sei explicar...
Apenas sei dizer:
Amo amar Isabella!

Alma Bela


sexta-feira, 4 de abril de 2008

Seu Segredo*

Descobri um segredo ...
e agora nao posso sonhar
pensei que seria fácil
igual
normal
descobri seu segredo
agora nao posso ter esperanças...
Andarei perdida...
lembrando do que fui
ao seu lado...
lembrando das flores
desabrochadas
e nuvens de algodão!
descobri que nao sou amada
E agora, preciso ir embora
Despedindo de um amor que
so nasceu em mim...

Alma Bela

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Isabella
























Lá...lá ....
menina de sorriso aberto...
voz buscando amor e doçura
inocência...
brincando com bonecas de pano...
Lá..lá...
ela corre pra cá e pra lá
dançando melodias de crianças
sapeca
cara pintada de batom
dedo apontando algodão doce..
e boca beijando um rosto..
de mae...
Lá lá...
menina de olhos vivos
coraçao exageradamente
feliz
transbordando...
emoções...
Corre
vem ver a roda
coloca sua saia rodada
xadrez
e pula neste chão...
pra brincar
olhem ela
A menina isabella
tao bela...
se aproxima de mim,
com encanto...
e esperança...
menina vem...
deixa sua alegria...
olhem ela..
tao bela....
simplesmente...
Isabella.

A Favor do Aborto*



















Existem varias maneiras de morrer...
acidentes trágicos
confronto direto
morte natural
e aborto!
Aborto-sinonimo de "morte"...
Abortar...ou nao abortar?!
Aborto ...
aborto ...
abortemos nossa hipocrisia...
nossa falta de amor...
nossa descarada verdade
falsamente dita....
Abortemos nossas maos
levando roubos...
e preconceitos submersos....
escondidos!
Abortemos a corrupçao...
e deixemos morrer nossos
fracassos e culpas...
A favor do aborto!
Se for um aborto
que me traga de volta
a realidade...
que me faça nao pensar
em destruir o que de vivo nasce...
e que de puro respira!
diga sim ao aborto...
E para tudo que te faz
"assassinar"
vidas
Presentes
Inocentes!

Renata dos Anjos

PARADA CARDÍACA


Essa minha secura
essa falta de sentimento
não tem ninguém que segure,
vem de dentro.

Vem da zona escura
donde vem o que sinto.
Sinto muito,
sentir é muito lento.

Paulo Leminski


Quem sou eu

RAZÃO DE SER Escrevo. E pronto. Escrevo porque preciso, preciso porque estou tonto. Ninguém tem nada com isso. Escrevo porque amanhece, E as estrelas lá no céu Lembram letras no papel, Quando o poema me anoitece. A aranha tece teias. O peixe beija e morde o que vê. Eu escrevo apenas. Tem que ter por quê? Paulo Leminski